Descrição de Minicursos, Oficinas e Mesas

SEGUE ABAIXO A DESCRIÇÃO DOS MINICURSOS, OFICINAS E TÍTULOS DAS MESAS DO II SELLE

 

MINICURSOS
 
 
QUINTA-FEIRA
8h às 11h
 
Minicurso 1: O ensino de línguas estrangeiras na educação básica da rede pública
Prof. João Bôsco Cabral dos Santos (UFU)
Prof. Ismael Ferreira-Rosa (UFU – CAC/UFG)
 
Este minicurso tem por objetivo problematizar o ensino de LE na educação básica e seu ethos socioeducacional. A partir desta problematização, buscando noções como conhecimento local, sensibilização comunicacional, cultura, identidade, discursividade, serão enfocadas que escolhas pedagógicas seriam (in)pertinentes ao ethos educacional público. Em um segundo momento, de caráter mais prático e de trabalho em equipe, será formalizada uma política linguística de constituição de uma identidade de aprendência para as línguas estrangeiras na educação regular pública, de modo a revelar ações políticas e construção de práticas que constituirão tomadas de posição dos sujeitos frente aos seus atos de ensinar e aprender.
 
 
Minicurso 2: Refletindo sobre o ensino de língua inglesa na relação diádica identidade e cultura
Profa. Maria de Fátima Fonseca Guilherme (UFU)
 
Este minicurso pretende pensar, refletir e problematizar o ensino de língua inglesa sob a díade identidade e cultura, a partir dos seguintes questionamentos: a) o que é ensinar língua inglesa para sujeitos-brasileiros?; b) qual o lugar atribuído à cultura no processo de ensino-aprendizagem dessa língua?; c) como esse ensino incide na constituição identitária desses sujeitos? Num primeiro momento, serão trabalhas noções teóricas como sujeito, língua, ensino- aprendizagem, cultura e identidade. Num segundo momento, balizados por tais noções, buscar-se-á analisar e interpretar práticas pedagógicas e materiais didáticos para que se possa tentar responder aos questionamentos propostos.
 
 
Minicurso 3: Provérbios e máximas em sala de aula
Profa. Dylia Lysardo-Dias (UFSJ)
 
O objetivo deste minicurso é abordar a dimensão pedagógica dos provérbios e máximas no ensino/aprendizagem da língua portuguesa a partir de uma reflexão sobre a utilização dessas formas breve em sala de aula, sobretudo em atividades de produção de texto.

 

 

OFICINAS
 
SEXTA-FEIRA
14h às 17h
 
Oficina 1: Just like a native: the only acceptable accent?
Profa. Neuda do Lago (CAJ/UFG)
In this workshop, the native-like commandment will be put at stake. Participants will discuss concepts such as world Englishes, native speaker, standard variety, identity and so forth. Some fallacies concerning the English language and their effect on the identity of teachers and learners will be highlighted. Moreover, some theories will be revisited such as the critical period hypothesis, which defends some maturational constraints in the process of achieving ultimate attainment in a foreign language.
 
 
Oficina 2: Desfazendo nós: gênero e sexualidade na escola por meio da literatura infantil e juvenil
Profa. Silvana Augusta Barbosa Carrijo (CAC/UFG)
Graduanda Fernand Pires de Paula (CAC/UFG)
Graduando Maykel Cardoso Costa (CAC/UFG)
 
No contexto constituído por obras literárias contemporâneas potencialmente voltadas para o público infantil e juvenil, certos temas ganham franco espaço de expressão. Dentre tais temas, destacam-se os que se relacionam à representação das identidades e relações de gênero (gender), bem como à questão da sexualidade. Diante deste acervo literário, como pensar o processo de escolarização da leitura desta literatura? Como promover processos de leitura literária destas obras que, muitas vezes, se debruçam sobre temas tabus, sem incorrer no perigo do dogmatismo, do preconceito, da discriminação e da escamoteação? Que estratégias didático-pedagógicas adotar de modo que o processo da leitura literária se dê de forma prazerosa, crítica e fluente? Sem a pretensão de responder a todas estas perguntas, objetivamos, pela presente oficina, sugerir diferentes formas de trabalhar, nas instituições de ensino fundamental e médio, a temática proposta por algumas destas obras. Nossa proposta pedagógica consistirá na leitura de algumas obras e na proposição de dinâmicas a elas relacionadas. Vale ressaltar que tal oficina constitui produto de pesquisa em andamento, fomentada por bolsa de iniciação científica PROLICEN/UFG e PIBIC/UFG.

 

 

 

MESAS-REDONDAS
 
 
QUINTA-FEIRA
19h às 22h
 
 
IDENTIDADE E O ENSINO DE LÍNGUAS: ABORDAGENS E PERSPECTIVAS
 
Política de Ensino de Línguas: Considerações sob a Perspectiva da Pragmática
Profa. Alice Cunha de Freitas (UFU)
 
Práticas e políticas excludentes no processo de identificação com a língua espanhola no contexto da escola regular
Profa. Luciana Cristina da Silva (UFTM)
 
As mudanças no ensino de língua portuguesa e os reflexos na constituição identitária do professor
Profa. Maria Aparecida Rezende Ottoni (UFU)
 
Imaginários linguísticos e ensino de francês: questões de memória e identidade
Profa. Dylia Lysardo Dias (UFSJ)
 
 
 
SEXTA-FEIRA
08h às 11h
 
LÍNGUA, LITERATURA, HISTÓRIA, CULTURA, IDENTIDADE E ENSINO: CONFLUÊNCIAS EPISTEMOLÓGICAS
 
GÊNERO E IDENTIDADES: perspectivas e desafios para a formação de professoras/es
Profa. Eliane Martins de Freitas (História CAC/UFG)
  
Literatura em perspectiva de gênero: abordagens teóricas e leituras
Profa. Luciana Borges (Letras CAC/UFG)
 
Impressos e civilidade: interfaces
Profa. Selma Martines Peres (Pedagogia CAC/UFG)